perpétuo
és imortal
PERPÉTUO [ adj. que não cessa, que dura sempre; constante
quem se eterniza na história
perpétuo
Capítulo I
janeiro de 2017, inverno; st. akésan, canadá

Trama — A Peste Branca

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Trama — A Peste Branca

Mensagem por Noite em 24th Março 2016, 17:36

A Peste Branca

Antes
Milhares de pessoas no mundo mudaram ao mesmo tempo no terceiro dia do ano de 2006. Cada uma delas ganhou uma habilidade especial, um poder. Muitos foram mortos pelos amigos e vizinhos por parecerem monstros, outros foram perseguidos por grupos religiosos, os mais perigosos foram capturados pelo governo para serem monitorados e passarem por experimentos científicos. Esse foi o ano em que tudo mudou, o ano em que houve o Despertar.
Poucos meses depois, mais pessoas também apresentaram poderes. Alguns eram capazes de se esconder, mas também haviam os que se passavam por humanos normais. Depois do uso dos despertados — nome pelo qual é chamado quem tem algum poder que conseguira sem fazer nada ou lhe acontecido nada —, as pessoas passaram a vê-los com outros olhos. Como heróis. Assim surgiu a cobiça por esse novo tipo de poder. Criaram maneiras de adquirir esses dons, mas não eram todos capazes de sobreviver a tais processos; eletrocussão diária, tortura psicológica, banho químico, tentativas de alterar o DNA, exposição a diversos tipos de radiação. Os que conseguiam sobreviver, tornavam-se novos seres, mutantes.
No ano de 2020 em qual estamos, sabemos existem incontáveis maneiras de se tornar diferente. Há pouco tempo foram confirmadas as existências de formas de energia que antes não passavam de lendas, como a magia. Também existem poucos cientistas que acreditam em seres extra planares, desde fantasmas até mesmo seres que podemos chamar de demônios.
Sobreviver talvez seja o único objetivo nesse novo mundo.

Agora
Na primeira semana do mês de março, quarenta e dois pacientes foram internados em hospitais de Yokohama, no Japão, apresentando os mesmos sintomas: febre, mal-estar, pele pálida e dores de cabeça. Os médicos supõem que seja alguma variação de vírus ainda não conhecida. Todos os infectados morreram após vinte horas da internação. Nenhum nome foi divulgado, mas algumas famílias divulgaram o que sabiam em redes sociais antes de se negarem a entrevistas e a saírem de suas casas desde o ocorrido.
Durante uma noite de sexta-feira, no dia 11 de março, dezesseis jovens apresentaram os mesmos sintomas em um mesmo hospital da França. Todos foram levados por amigos para o hospital, saindo assim antes do término da festa onde estavam. No dia seguinte trinta e oito jovens dessa festa, incluindo os que foram levados ao hospital, faleceram.
Hoje há relatos de sintomas semelhantes em pelo menos oito países, incluindo, Estados Unidos, Inglaterra, China e México. Ainda é um mistério o que está havendo, mas acredita-se que seja uma nova doença que se espalha rapidamente de forma desconhecida e é imune a todos os medicamentos já utilizados.
Especula-se que essa pandemia esteja relacionada aos seres de habilidades especiais, porém a Associação Hunter ainda não se manifestou acerca dessas mortes.
Noite
avatar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum